SIVENIM® 1  250 ml

SIVENIM® 2  100 Cápsulas

Fórmulas bioactivas que se complementam, elaboradas com nutrientes biológicos e substâncias activas dispensadas pelas plantas, pelas algas e por cogumelos medicinais de cultura biológica.

Garanta um sistema imunitário fortificado, vias respiratórias desobstruídas e um sistema venoso bem nutrido.

Ingredientes naturais ricos em substâncias fitoactivas, oligo-elementos minerais, vitaminas do

Complexo B, vit. C, D, E, H e P, entre muitas outras substâncias que asseguram o fortalecimento

do organismo e seus sistemas fundamentais.

Componentes que contribuem naturalmente para a protecção do organismo e para que o

mesmo se defenda dos ataques de vírus e bactérias.

Tonificantes do sistema imunitário, nutriente do sistema venoso e purificador do aparelho respiratório.

SIVENIM® 1  250 ml

Combinação de plantas medicinais silvestres, Própolis e Gluconato de Zinco, elementos cujos efeitos sinérgicos aconselham o SIVENIM 1 como tonificante do sistema imunitário, nutriente do sistema venoso e purificador do aparelho respiratório.

Ingredientes activos: 

- Salvia officinalis, folha. Illicium verum, fruto. Echinacea purpurea, raiz. Cinchona officinalis, casca. Pimpinella anisum, semente. Astragalus membranaceus, raiz. Malpighia emarginata, fruto. Apis propolis, resina. Gluconato de Zinco.

Da sua fórmula exclusiva, destacam-se;

  • A Salva ou Salvia officinalis é uma planta medicinal rica em polifenóis, flavonóides, substâncias amargas e saponinas.

  • O fruto do Anis-estrelado, ou Illicium verum, tónico geral, rico em resina, clorofila, óleo essencial e ácidos orgânicos. Utiliza-se como expectorante, carminativo, galactagogo, estomáquico e na fermentação intestinal. 

  • A raiz da Equinácea, ou Echinacea purpurea, dispensa uma acção normal e benéfica contra infecções virais, estimulando naturalmente as defesas do organismo. 

  • A casca da Quina ou Quinquina, Cinchona officinalis, arbusto espontâneo da cordilheira dos Andes, mundialmente famoso pelas suas propriedades activas contra o paludismo ou malária, é rica em Alcalóides (quinina, quinidina, etc.), ácido quínico, ácido quinóvico, B-sitosterol, taninos e saponinas. É utilizada pelos seus efeitos adstringentes e tónicos normais, 

  • O fruto do Anis-verde, ou Pimpinella anisum, contém resina e clorofila, elementos com propriedades antiespasmódicas normais, e óleo essencial fixo que, excretado parcialmente pelos pulmões, favorece naturalmente as secreções brônquicas.

  • A raiz do Astrágalo, ou Astragalus membranaceus, erva milenar chinesa, rica em polissacarídeos, flavonóides e saponinas, substâncias que influenciam naturalmente o sistema imunitário. 

  • O fruto da Acerola, ou Malpighia emarginata, uma das fontes naturais mais rica em Vitamina C, contribui com uma acção fortalecedora sobre o sistema imunitário. É utilizada também pela sua acção antioxidante normal sobre os radicais livres, principais responsáveis pelo envelhecimento prematuro das células. 

  • O Própolis, ou Apis propolis, produzido pelas abelhas e usado por estas para tapar buracos das colmeias ou orifícios dos alvéolos, protegendo-os da possível entrada de germes. Usado pelo ser humano há milhares de anos para reforçar normalmente o sistema imunitário, contribuindo para optimizar as defesas do organismo. Possui uma mistura de substâncias que inclui resinas ricas em compostos aromáticos, aminoácidos (polina), ácidos gordos (ácido mistrico), vitaminas (E, H, P e do complexo B), oligoelementos (zinco, vanádio e ferro), mono e polissacáridos, enzimas, bioflavonóides e algumas ceras.

SIVENIM® 2  100 Cápsulas

Combinação de plantas medicinais silvestres com cogumelos medicinais, algas marinhas e Própolis, cujos efeitos sinérgicos aconselham o SIVENIM 2 na terapia de todo o tipo de afecções do sistema imunitário, venoso ou respiratório:

Ingredientes activos: 

Plantas: Salvia officinalis, folha. Illicium verum, fruto. Echinacea purpurea, raiz. Pimpinella anisum, semente. Cinchona officinalis, casca. Astragalus membranaceus, raiz. Malpighia emarginata, fruto. Algas: Chlorella vulgaris e Spirulina platensis. Cogumelos: Cordyceps sinensis, Ganoderma lucidum, Grifola frondosa, Inonotus obliquuos, Lentinula enodes. Própolis: Apis propolis, resina. Gluconato de Zinco.

Da sua fórmula exclusiva, destacam-se:

Plantas;

  • A Salva ou Salvia officinalis é uma planta medicinal rica em polifenóis, flavonóides, substâncias amargas e saponinas.

  • O fruto do Anis-estrelado, ou Illicium verum, é um tónico geral, rico em resina, clorofila, óleo essencial e ácidos orgânicos. Utiliza-se como expectorante, carminativo, galactagogo, estomáquico e na fermentação intestinal. 

  • A raiz da Equinácea, ou Echinacea purpurea, dispensa uma acção normal e benéfica contra infecções virais, estimulando naturalmente as defesas do organismo. 

  • A casca da Quina ou Quinquina, ou Cinchona officinalis, arbusto espontâneo da cordilheira dos Andes mundialmente famoso pelas suas propriedades activas contra o paludismo ou malária, é rica em Alcalóides (quinina, quinidina), ácido quínico, ácido quinóvico, B-sitosterol, taninos e saponinas. É utilizada pelos seus efeitos adstringentes e tónicos normais, 

  • O fruto do Anis-verde, ou Pimpinella anisum, contém resina e clorofila, elementos com propriedades antiespasmódicas normais, e óleo essencial fixo que, excretado parcialmente pelos pulmões, favorece naturalmente as secreções brônquicas.

  • A raiz do Astrágalo, ou Astragalus membranaceus, erva milenar chinesa, é rica em polissacarídeos, flavonóides e saponinas, substâncias que influenciam naturalmente o sistema imunitário. 

  • O fruto da Acerola, ou Malpighia emarginata, uma das fontes naturais mais rica em Vitamina C, contribui com uma acção fortalecedora sobre o sistema imunitário. É utilizada também pela sua acção antioxidante normal sobre os radicais livres, principais responsáveis pelo envelhecimento prematuro das células. 

 

Algas;

  • A Clorela, alga unicelular de água doce, riquíssima em clorofila.

  • A Spirulina é considerada um superalimento. Contém um elevado teor em proteínas, oito aminoácidos essenciais, betacaroteno (precursor da vitamina A), vitaminas, sais minerais, oligo-elementos, enzimas, fibras, ácidos gordos polinsaturados e ácido lipóico. É utilizada em situações de anemia, carências nutricionais e para optimizar o bom funcionamento do sistema imunológico.

 

Cogumelos medicinais;

Cordyceps sinensis, Ganoderma lucidum, Grifola frondosa,  Inonotus obliquus e Lentinula edodes, cogumelos medicinais de cultura biológica, ricos em nutrientes e substâncias activas, contribuem para o fortalecimento e para a estimulação imunológica do organismo, factores importantes para a manutenção da homeostase nas células imunitárias, em macrófagos, monócitos, neutrófilos, células NK (natural killers) e células dendríticas. O processo biotecnológico utilizado no crescimento destes cogumelos permite utilizar não só o seu conteúdo integral, como também todos os metabolitos produzidos durante o seu cultivo.

 

Própolis;

O Própolis, ou Apis propolis, é utilizado desde há milhares de anos para o fortalecimento do sistema imunitário, fortificando naturalmente as defesas do organismo, por estimulação das células macrófagas que, em cooperação com os linfócitos B e T, eliminam microorganismos invasores.

Incorpora substâncias que incluem resinas ricas em compostos aromáticos, aminoácidos (polina), ácidos gordos (ácido mistrico), vitaminas (E, H, P e do complexo B), oligoelementos (zinco, vanádio e ferro), mono e polissacáridos, enzimas, bioflavonóides e algumas ceras.

Produtos relacionados